Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Pesquisar

 


Entre maus dias e mortes...

Quinta-feira, 18.01.07
Deixem-me dizer que por aqui o ânimo não anda muito ao de cima. Espero não influenciar ninguém… (claro que não Cricri, tu é que és assim..!) Não é nada de especial. Digamos que o tempo está péssimo (eu sei, é Inverno, é normal que esteja o céu nublado e o tempo frio) mas eu devo ter uma parte (só uma parte) de algum organismo fotossintético. Se acordar com o sol a brilhar – wow! Dia fantástico. Pelo contrário, num dia como o de hoje…É muito desanimador. Acordar às 7h, ouvir notícias de descargas poluentes, a seguir de tempestades que assolam o norte da Europa (sim, porque às 7horas não dá música, é a hora das notícias…tenho de programar para mais cedo ou mais tarde, pensando assim), abrir a janela e ainda ser de noite, sair à rua e estar a chover, ter AP (que é das piores coisas que se pode ter, para mim, depois de filosofia) e depois chatear-me com a minha melhor amiga, estar com dor de garganta desde de manhã, chegar a uma livraria e saber que se tem de esperar 2 semanas para ter uns livros… Bem, e foi assim. Desculpem lá estar a escrever isto tudo. Sei bem que isto não é um diário, mas além dos miminhos cá de casa – acho que ainda é o que vale, quando a coisa está animada, pois claro – falar com vocês é sempre muito bom. Claro que neste momento podia apagar o texto todo e ir directamente ao cerne da questão que me leva a escrever, mas depois não iria ser a mesma coisa, por isso, vou para a frente com este post. Mais uma vez, desculpem, e estão à vontade para me chamarem chata! – estão a ver? Já valeu um sorriso. Ok, sei que não estão a ver…
Bem, mudou a votação. Se se lembram, e caso não se lembrarem fica aqui a imagem, a votação intitulava-se “És a favor da pena de morte?”. Toda esta história “Saddam” levou-me a pensar sobre a pena de morte e a querer saber o que vocês acham disso. Inicialmente pensei “ Vou colocar «Algo difícil de responder» e se calhar ninguém vai votar nas outras…” Pelos vistos enganei-me. Inicialmente todos votaram “Sim” e depois as coisas inverteram-se, se bem que os resultados estejam muito próximos. As opiniões dividem-se muito neste ponto. É um assunto polémico, tal como a eutanásia e o aborto. Como podem ver os resultados
 
 
Obteu uma maior percentagem o “Não”, dentro de 37 votos.
A pena de morte é a pena máxima que possa ser aplicada e foi abolida no nosso país. Totalmente em 1976, se bem que desde 1772 que ninguém era executado em solo português. A última pessoa era uma mulher e foi condenada pela morte de 33 expostos (bebés abandonados) que ia buscar à roda de Coimbra, julgo que recebia 600 réis por cada criança. Bem, um crime terrível, sem dúvida. Tal como Saddam que foi condenado pela morte de 148 xiitas. Não tenho a certeza se foi “apenas” este crime…de qualquer maneira já é motivo para um grande castigo. Agora pergunto-me se a condenação à morte é uma maneira de castigar um assassino.
Eu sou contra a pena de morte. Não acho que a melhor maneira de castigar alguém seja através da morte, até porque, quem executa e quem ordena a sentença estão, igualmente a tornar-se assassinos. Depois, não sabemos o que haverá para lá da morte. Pode ser algo muito mau, algo muito bom, ser igual, não haver nada… Estamos a enviá-lo para o desconhecido, isso pode até tornar-se uma recompensa. Para mim, os crimes feitos aqui, em vida, na terra, deviam ser pagos aqui. Alguém matou? Pois bem, é um crime sem perdão, tirar a vida a alguém. Que sofra, bastante, ate sentir e conseguir compreender a dor de outrem. No caso Saddam, concordava que fosse posto na cela solitária, que ficasse lá em prisão perpétua. Isso seria bem pior. Una anos de sofrimento, do que uns breves minutos por enforcamento. Depois nisto tudo, não gostei nada das imagens eu passaram. A morte de alguém não é nenhum espectáculo para se assistir. Já vão longe os combates de gladiadores e com leões do Império Romano. Um grande erro para uma civilização tão fantástica. Tal como a Inquisição. Esta julgo que foi das piores coisas que aconteceram no mundo e envergonham a Igreja Católica. Quantas mentes brilhantes foram condenadas apenas por pensarem de uma maneira diferente, ou até inovadora de mais para a época? Quantos avanços não teriam sido feitos se a Inquisição não tivesse ido a avante? Uma época triste, tanto esta como a Idade Média, ou melhor, a Idade das Trevas. Bela denominação.
Bem, mas este é um assunto para um próximo post.
Fiquem bem e não se preocupem se forem a favor da pena de morte. Eu não bato! ;)
Até à próxima!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cricri às 20:02

7 comentários

De Cláudia Oliveira a 19.01.2007 às 11:23

Em relação á pena de morte, sou contra. Ninguém tem o direito de tirar a vida a ninguém. Sim, existem leis e ainda bem que existem mas seria necessário a morte? Não seria uma pena mais dolorosa passar anos na prisão? Sim, Saddam tirou a vida a muita gente. Tiraram a vida a Saddam. Pagaram na mesma moeda, também são criminosos. As filmagens não eram necessárias. A morte de alguém não pode ser um trunfo para ninguém.
O tema que abordaste foi interessante, nada chato. Aliás não és chata. Chato é teres de esperar tanto tempo pelos livros. Não conseguia estar tanto tempo sem ler. Só de pensar...acho que os meus dias ficavam muito desisnteressantes.
Continua abordar temas interessantes como estes, é sempre bom discutir opiniões.

De cricri a 20.01.2007 às 12:33

Obrigada!
Concordo totalmente contigo. As filmagens foram algo horrível, e a prisão tinha sido bem melhor, pelo sofria e escrusavam, outros, de se tornarem assassinos também.

Bem, os livros só devem chegar no final da semana, mas, entretanto, já peguei em outros para ler. Porque ficar sem nenhum é muito chato! :)
O que estou a ler intitula-se "Os setes principios da realização pessoas" e é de Deepak Chopra. O meu pai aconselhou-mo, a história é muito parecida com o documetário ("The Secret") que vi recentemente.

Até à próxima!

De Fábio J. a 19.01.2007 às 15:51

Devo dizer que esta pergunta tem uma resposta difícil. No entanto, e foi o que votei, não sou a favor da pena de morte.
Há algum tempo perguntaram-me isso e eu disse: "Contra a pena de morte não, mas a favor da tortura sim!". Acho que grandes assassinos merecem mais do que o fim da vida, pois é nela que cometeram os crimes e onde devem paga-los. Posso parecer frio, mas acho que a pena de morte devia ser substituida por algo mais duro e cruel.
Enfim, um tema sempre controverso...

P.S: Idade Média, uma "era" interessantíssima e fantástica e ao mesmo tempo fria e coberta pelas trevas. Não há bela sem senão, como se costuma dizer...

De cricri a 20.01.2007 às 12:40

Concordo. Não me pareces frio.
Se eles cometeram aqui os erros, também acho que os devem pagar aqui, sempre seria mais doloroso. Isso sim, merecem.

Pois, eu antes adorava a Idade Média. Acho muito interessante, tal como a maior parte da História - exceptuando século XX e guerra mundiais (se bem que adore os loucos anos 20 :) ) - mas teve as suas fases más. Como dizes, não há bela sem senão. Aplica-se perfeitamente! :)

De Emplastr@ a 19.01.2007 às 18:43

Olha, nem sei como começar... Em relação ao primeiro item, só te tenho a dizer que fazes bem! Desabafar é do melhor que há, e mesmo que venhas para aqui dizer tudo o que te está a apertar a garganta, que te faz sentir mal, etc, nós NUNCA nos chatearemos, porque também somos humanos e temos épocas de crises ou tristeza... (uns com épocas mais longas do que outros, por isso mesmo acho que é nosso dever ajudar alguém que precise num momento pior da sua vida...) E, afinal, qual é o propósito de um blog? Podes fazer o que te der na gana!... E escrever tudo aquilo que te faz sentir em baixo... Isso é bom e destressante (nem sei se esta palavra existe... lol)... a mim acontece o mesmo!... Muitas vezes fico com receio que se fartem de mim, que me achem uma melga, mas acho que nos estamos a tornar numa pequena "família" em que nos sentimos bem a falar uns com os outros, mesmo que não nos conheçamos... Pelo menos é assim que eu penso!
Quanto ao segundo item, votei não... e acho que este enxerto que escreveste resume todo o meu pensamento: “(...) os crimes feitos aqui, em vida, na terra, deviam ser pagos aqui. Alguém matou? Pois bem, (...) que sofra, bastante, até sentir e conseguir compreender a dor de outrem.” É exactamente a minha opinião!... Para mim é um bocado (um bocadão!) confuso quando as pessoas dizem “matou tanta gente? Que o matem também!!!”... Que o matem??? É assim? Faz coisas horríveis e depois aliviam-no com a morte? Acho mal... mas quem sou eu afinal? Ninguém, me parece...
E isto vira-me para outro tema: o aborto... Sou contra, mas um bocado a favor... este tema é tão complexo e por isso, caso pudesse votar, votava no não para me poder esclarecer melhor. Aliás, acho que muita pouca gente está esclarecida... E ainda por cima o tempo de antena irá ser curtíssimo! Uns 20 min acho eu, para “um monte” de gente falar... Isto está mal... (desculpa lá estar a falar de um tema que não tem nada a ver...)
Bem, não te vou maçar mais, acho que tenho andado inspirada para estes lados, só menos para arranjar um tema para um próximo post! :S lol

De cricri a 20.01.2007 às 12:47

Ora, estás à vontade para falar sobre o que quiseres!
Obrigada, há momentos que precisamos de soltar assim um bocadinho do que nos vai cá dentro. E vocês, apesar de não vos conhecer, já vos estimo muito! :)
Fica sabendo que também uso a palavra destressante. Não sei se existe mas adequa-se! lol
É eu também não concordo em nada com isso. Matou, mata-se! Enfim...

Quanto ao aborto, eu votaria não. A lei já contempla casos em que se possa realizar, e que são bem pensados. Os outros, para quê despenalizá-los? Às 10 semanas um embrião tem todos os órgãos e membros formados. Não é uma vida? Aliás, às 8semanas já acontece. Para mim é como assassinato, mas pior; claro, em casos que simplesmente os pais não resolvem tomar precauções (porque não lhes convém) e depois querem "descartar-se" de mais um filho.
Nos casos especiais a lei já permite o aborto e não penaliza. Aí sim sou a favor, mas para isso não é necessária votação.

Fica bem, bom fim-de-semana!

De Cláudia Oliveira a 20.01.2007 às 13:27

Quando fores visitar o meu blog de leituras, isto se fores, visita apartir do primeiro dia que comecei a ler o livro. Apartir do dia 18.

http://culturaminha.blogs.sapo.pt

Comentar post



Comentários recentes

  • cricri

    Obrigada!Tenho de me voltar a dedicar um pouco mai...

  • sol

    Encontrei o teu blog por acaso e gostei muito !Seg...

  • cricri

    Muito obrigada! Umas felizes festas!

  • Teresa

    Feliz Natal e parabéns pelo destaque :)

  • rvqgmccjoqk

    RvGZjH <a href=\"http://msepxzxnvpqg.com/...