Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728


Pesquisar

 


Ausência

Sexta-feira, 23.02.07

Ultimamente não tenho escrito por uma razão muito simples: fui atacada! Pois é, aquele vírus que nos anda a cercar a todos – o bichinho da gripe - chegou até mim... Assim, de um momento para o outro. Eu bem lhe tento impingir remédios, chazinhos com mel (acho que aqui o sofrimento é mais meu do que do senhor invasor), leitinho quentinho, vamos ver se ele se decide a dar tréguas. Aproveitei uma pausa que a febre me deu para dar um saltinho ao computador e ver como andam as coisas por aqui.

  • O Carnaval passou-se muito bem. Diverti-me imenso. Estava praticamente toda a gente mascarada e o melhor disfarce ganhou uma viagem ao Brasil por 10 dias. O vencedor foi um careto! Mas não percebi muito bem a razão já que era um careto sem fato. De careto só me pareceu mesmo a cara... Bem, mas era suposto o júri ser competente, eles lá sabem.          Para mim uma esteve fantástica: a menina do gás...em versão masculina. Não faltou a pluma aos ombros, a peruca loira nem o boné. Muito giro!

Eu fui de Capuchinho Vermelho e gostei.

  • Os testes só acabaram ontem pois foi pedido para adiar. Portanto só agora me sinto verdadeiramente em férias. Logo agora eu não posso aproveitar. (Nem passar horas a jogar Sims!) De qualquer forma está um tempo horrível e foi-me dito que nevou. Pouquinho claro, contudo eu nada vi... Também agora não me servia de muito…

Queria aproveitar para ler tudo o que tenho para aí em atraso mas acreditem que até isso me custa. Bem, quando melhorar eu prometo voltar.

Que isso seja rápido.

 P.S.: No post anterior, quando referi a tradição do dia dos diabos, esqueci-me de referir uma coisa: a existência da morte, mas cito um artigo de um jornal da região:

" Aqui, o  ritual consiste em os rapazes vestirem os trajes vermelhos, com dois chifres na testa, que representam a figura do diabo, e correrem atrás das raparigas, para as agarrar, fazer ajoelhar e açoitar. Às raparigas compete tentar fugir, gritando: "ó morte, ó Diabo”Além destes interveninentes há ainda a figura da "Morte", que é só uma. Só uma pessoa por ano pode vestir este traje negro, o esqueleto desenhado, pelo que, em tempos, era muito disputado e constituía uma grande honra vesti-lo. À "morte" compete ir buscar as raparigas que se refugiam dentro da Igreja, únic sítio onde os Diabos não podem entrar. Além de açoitar as raparigas, antigamente, os que vestiam de Diabo batiam em toda a gente que apanhassem e entravam em todos os lugares que pudessem arrombar."

Ana Preto,

"O Mensageiro de Bragança"

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cricri às 18:19

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Comentários recentes

  • cricri

    Obrigada!Tenho de me voltar a dedicar um pouco mai...

  • sol

    Encontrei o teu blog por acaso e gostei muito !Seg...

  • cricri

    Muito obrigada! Umas felizes festas!

  • Teresa

    Feliz Natal e parabéns pelo destaque :)

  • rvqgmccjoqk

    RvGZjH <a href=\"http://msepxzxnvpqg.com/...






subscrever feeds