Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2007

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Pesquisar

 


Uma verdade inconveniente

Terça-feira, 05.06.07
E  já estamos em Junho!
Um dia especial este. Caso tenham reparado, hoje ocorreu uma sequência única de horas minutos, segundos, dia, mês e ano:  02:03:04 de 05/06/07. Aqui há algum tempo encontrei uma página que falava sobre isso, relatando que já o ano passado ocorrera a mesma coisa, e assim será até ao ano 2012 (07:08:09 10/11/12); de qualquer forma tem sido atribuída a este ano uma conotação meia mágica. Tudo pelo número 7, que segundo consta, é o número perfeito. E realmente há coisas muito interessantes sobre ele, umas que já existiam e outras que irão ocorrer este ano: 7 dias da semana/da criação do mundo (na crença católica), 7 cores do arco-íris, 7 pecados capitais – na religião há imensa referência ao 7 – e, na actualidade, a eleição das novas 7 maravilhas do mundo em 07/07/2007, o 7º livro de Harry Potter… Uma sucessão de acontecimentos que rodeiam este número.
Bem, mas ainda estamos em Junho, 6, e o ano novo já lá vai para dissertar sobre o ano “mágico”.
Para mim, Junho significa muita coisa. Férias é a primeira associação que faço a este mês. Cada vez que penso no mês de Junho lembro-me dos textos que costumava ter no final dos livros de língua portuguesa na escola primária. Um deles falava do dia mais comprido do ano, dia 21; e recordo aqueles desenhos de crianças com papagaios ao vento, cestos de piquenique e castelos de areia… Doce sabor a férias! Férias em que a única coisa que tinha a fazer era ler as férias Constância (um livro de férias com textos adequados aos níveis escolares), fazer palácios com as barbies ou ficar até ao fim da tarde a andar de bicicleta e brincar com os vizinhos. E, naqueles melhores dias, ir até ao rio. Idas a rios, praias fluviais e até mesmo à piscina, já não se fazem nem com metade da regularidade daquela altura. As barbies já lá vão e mesmo os passeios de bicicleta escasseiam…Hoje em dia, no verão, à tarde, está um calor insuportável que obriga a fechar as janelas todas da casa – é deprimente com um sol pleno lá fora ter de fazer isto, mas é escolher entre ver o sol à tarde e não conseguir dormis com o, ou não ver o sol e conseguir estar dentro de casa.
Pois, porque na década de 90 não fazia este calor no verão. Era bem mais ameno, e,mesmo parecendo que não foi em 7 anos que o clima mudou…lá isso foi. Esta tarde, sendo o Dia Mundial do Ambiente e porque na disciplina de Biologia estudámos o impacto humano no mesmo, fomos assistir ao documentário “Uma verdade inconveniente” de Al Gore. Já me preocupava com o ambiente antes de ver o documentário, mas tudo o que lá é dito e apresentado faz-nos reflectir sobre tudo o que nós, seres humanos, fazemos para contribuir para a degradação deste planeta, que é único. Vi alguns gráficos que retratavam o aumento dos níveis de dióxido de carbono na atmosfera e de aumento da temperatura nos últimos 65000 anos. É inacreditável. Numa geração humana conseguimos ultrapassar largamente o que não aconteceu nesse longo período de tempo! É mesmo preocupante… Só não consigo entender como é que os americanos não entendem que é fundamental controlar as emissões de gases com efeito de estufa? E que o Protocolo de Quioto serve para ser cumprido e ser aceite? Como é que dois países tão desenvolvidos como Estados Unidos e Austrália não o entendem e não assinam o Protocolo? Principalmente o primeiro que é o país mais poluente… Mas, como sempre, a economia sobrepõem-se a qualquer outro princípio.
 Falou-se nos efeitos do aquecimento global e uma das consequências que mais me impressionou foi o degelo das calotes polares. Apresentaram imagens de glaciares há algumas décadas atrás e os mesmos glaciares hoje em dia – em várias zonas do planeta – e ninguém diria que eram os mesmos… Paisagens belíssimas e fundamentais à manutenção do nosso clima estão a perder-se e a maioria de nós assiste a tudo isto de braços cruzados.
Acreditem, vale mesmo a pena ver.
 
Já sabem, cuidem bem do nosso meio ambiente, nunca é demais lembrar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cricri às 22:25

8 comentários

De Fábio J. a 09.06.2007 às 15:26

Até agora o 7 de 2007 não mostrou o seu lado mágico, pelo menos que eu tenha reparado. Fico à espera do mês 7, que será, certamente, fantástico (quanto mais não seja por estar de férias).
Quando andava na primária não ligava muito às férias, mas acho que todas as crianças são um pouco assim. Eu até nunca fui muito de gostar da escola mas não sentia grande necessidade das férias - o que não acontece agora!

Não tive ainda oportunidade de ver o filme, mas acho que basta abrir os olhos e olhar para o que está a acontecer ao planeta para perceber que alguma coisa não está bem. Vê-se nos nossos próprios hábitos. É realmente necessário fazer alguma coisa, mas o quê, quando as maiores potências mundiais fecham os olhos a este problema?
Esperemos que percebam a gravidade da situação e mudem de atitude.

Nesta altura já deves estar a estudar para os exames... sendo assim desejo-te um bom estudo!
Bom fim-de-semana!

De cricri a 09.06.2007 às 15:54

Eu sempre gostei de férias! Mas começo a gostar ainda cada vez mais!

Eu lembrei-me foi de um post que fizeste sobre o livro do documentário,não foi? Quando apareceu o nome do filme lembrei-me logo disso.

Ainda não estou a estudar...Já devia mas como ontem/hoje foi o baile de finalistas aproveito para descansar um pouquinho hoje. Mas de seguida lá terá de ser. Esta semana de férias (férias?) vai ser dedicada a isso.

De Fábio J. a 09.06.2007 às 19:36

Sim, cheguei a fazer referência ao livro e queria realmente ver o filme.

Bem, aproveita, então, este fim de semana para descansar e depois, quando fizeres uma pausa no estudo (se conseguires) conta-nos como foi o baile de finalistas e a despedida... é sempre interessantíssimo. Fico à espera.

Sendo assim, bom estudo e acredita que dentro em breve também tu estarás descansada, em férias.

Bjs

De cricri a 10.06.2007 às 12:03

Agora deixaste-me intrigada...! :S
Então mas à hora do teu comentário eu já tinha publicado o texto sobre o baile..! Não reparaste ou será que isto anda com problemas?

De Fábio J. a 10.06.2007 às 17:40

Quando vi o teu comentário, no mail, segui a hiperligação e nem reparei que já tinhas actualizado o blog. Logo depois de o publicar reparei no novo post mas já não havia nada a fazer, nem tinha tempo, nessa altura, para escrever mais.
Desculpa lá.
O blog está óptimo e inteiro!

De cricri a 10.06.2007 às 18:52

Ah ok, não há problema! Eu era só para conferir se estava tudo bem. Melhor assim! ;)

De Joana Madureira a 10.06.2007 às 22:05

Olá Cricri...
Tive a ver o teu baú..e gostei muito. Penso que deveriam existir muitas mais pessoas assim, preocupadas como tu. Sei que o nosso planeta está cada vez pior...Pois existem várias pessoas inconscientes ( eu disse várias? Milhares!!! ) e apenas tornam cada vez mais escassa a salvação do nosso planeta!!!
Mas não são só más notícias...Fiquei a saber que o buraco de ozono finalmente fechou! Ai fiquei extremamente feliz...aguardo melhoras!
Um beijinho.
E mais uma vez, os meus parabéns pelo teu espaço!

De cricri a 13.06.2007 às 15:00

Olá! Obrigada Joana!
Concordo, milhares mesmo de pessoas que não se preocupam minimamente com a terra e se esquecem que é o único local que têm para viver. Mas felizmente há pessoas para nos recordarem através de filmes, livros, campanhas o fazemos.
Não sabia dessa do buraco do ozono..! Uma boa notícia. Tomara que se mantenha assim! :)
Vola sempre que quiseres!

Comentar post



Comentários recentes

  • cricri

    Obrigada!Tenho de me voltar a dedicar um pouco mai...

  • sol

    Encontrei o teu blog por acaso e gostei muito !Seg...

  • cricri

    Muito obrigada! Umas felizes festas!

  • Teresa

    Feliz Natal e parabéns pelo destaque :)

  • rvqgmccjoqk

    RvGZjH <a href=\"http://msepxzxnvpqg.com/...