Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2007

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Pesquisar

 


The end

Sábado, 09.06.07
Acabou.
Doze anos de aulas chegaram ontem ao fim. Logo pela manhã, enquanto ia a caminho da escola, recordei-me do meu primeiro dia de aulas, na escola primária – passou tão rápido. Lembro-me com muita clareza daquela sensação, de ver as minhas futuras amigas e agora foi a despedida: não terei mais aulas naquela escola, não verei mais os meus colegas, os professores…! Contudo, julgava que ontem ia ficar nostálgica, até chorar, mas não aconteceu nada disso. À parte desse momento de recordação não tive mais pena. Por um lado, ainda voltarei muitas vezes àquela escola em exames, e para ir buscar documentos necessários; por outro lado, como foi ontem o baile de finalistas, a despedida dos colegas só seria mais tarde e tínhamos muita coisa a preparar. Mas hoje sim, hoje já penso que realmente acabou e que esses tempos não voltarão mais – espero eu, seria muito mau sinal este não ser o fim.
E ontem foi o baile. A expectativa, nas últimas semanas, com o baile, era enorme e foi uma roda viva de preparativos: o vestido, a carteira e os sapatos, o penteado, a maquilhagem, o jantar, o local do baile, o tempo que faria,…! Tudo isso era alvo de preocupação e de conversas. Os dias de aulas desta semana foram passados a conversar numa coisa só: baile de finalistas e, o dia de ontem, foi totalmente passado em função dele. Durante a tarde, na cidade, viam-se imensas raparigas do meu ano, todas em redor de cabeleireiros, últimos retoques no vestido, na maquilhagem… No cabeleireiro onde fui, apenas numa tarde e com três cabeleireiras de serviço atenderam umas 15 raparigas, só para o baile – imaginem. O tempo passou a voar e rapidamente chegaram as 20h30. Parte da minha turma tinha combinado jantar, em vez do típico jantar de finalistas, no meu/nosso restaurante favorito. Acabámos por ser apenas 8, mas foi um jantar bastante agradável; também havia mais finalistas (conhecidos, já que aqui toda a gente se conhece) o que contribuiu para um bom ambiente. Por volta da meia-noite fomos para o baile. Atenção, se alguma rapariga “aspirante” a finalista de secundário ler isto que siga um conselho: ou não leve saltos ou troque de sapatos! Antes do baile lembrei-me de trocar os meus sapatos de salto por umas “bailarinas-ténis” super confortáveis e que me foram valiosas: Após 30 minutos a maioria das raparigas estavam sentadas na casa-de-banho ou encostadas à parede a massajar os pés enquanto eu continuava muito bem!!
Por vários motivos não achei o baile de finalistas, nem a noite, nada de especial. Muitas raparigas estavam sentadas, super cansadas, vi miúdas de 13 anos embriagadas como não conseguia imaginar e o próprio baile em si não me surpreendeu. O ginásio da escola, onde foi o baile, tinha um palco onde estavam a tocar música popular num primeiro momento e onde mais tarde estiveram os DJ’s. Havia um fotógrafo com um mini-estudio improvisado ( leia-se um pano azul de fundo com holofotes para lá direccionados), estava lá também um bar improvisado e mais nada. Ainda havia muita gente a dançar e animada, mas não notei diferença nenhuma em ser finalista e apenas ir ao baile – só no momento das fotos de turma.
Depois, mais tarde foi a ida à discoteca. Foi a noite “remember Lloret” e por isso passaram a noite toda fotografias da viagem de finalistas. Duas horas depois estava toda a gente sentada, cansada e eu resolvi vir embora. Na minha lógica, para estar sentada sem fazer nada, mais vale vir dormir para casa, e não estar ali a olhar os outros a pedir bebidas e a ver gente partir copos no chão. Saí cedo, pois as minhas colegas tinham combinado tomar o pequeno-almoço, mas já estava o sol a “nascer”. Foi a primeira vez que entrei naquele local de noite e saí de dia. É estranho, mas muito melhor que no inverno que ainda é de noite. Parece revitalizante ver o sol a nascer e sentir o ar fresquinho da manhã – mesmo depois de uma noite sem dormir.
Já me perguntaram, hoje, como tinha sido o baile - na esperança de uma resposta super animada. Respondi sempre com um “nada de especial” o que acho que surpreendeu quem me tinha acompanhado nas últimas semanas e conheceu a minha ansiedade. Vejo o baile como um ponto de viragem, mas não me surpreendeu nem um pouco. Também não houve nenhuma situação muito negativa, nem muito positiva. É uma noite, um baile.
Espero que o vosso seja/tenha sido bem melhor!
Agora, após aulas e baile é preparar para o que é realmente importante – os exames!
Bom fim-de-semana!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por cricri às 16:50

6 comentários

De Fábio J. a 10.06.2007 às 17:55

Por um lado devemos ficar alegres por continuar o nosso percurso, mas por outro acho natural ficar-se "nostálgico" com o fim dum ciclo. Não sou lá muito emotivo neste tipo de despedidas, como o baile, mas se olhar para trás e pensar em tudo aquilo por que já passei, todos estes anos de estudo e todas as pessoas que conheci, aí sim, fico meio vegetativo.
Essa azáfama em torno do baile é normal, mas não é algo que eu goste... talvez com as raparigas seja o contrário. Ainda para mais existem sempre aquelas pessoas que vão para o baile apenas para fazer, digamos, "cenas tristes". Sempre que tenho um dessas reuniões final de ano tento ir por ser o fim, mas não me agrada muito por causa dessas atitudes estúpidas.
Seja como for deve ter sido uma noite memorável, mesmo não tendo sido "nada de especial".

Mas ainda tens os exames, logo não é o fim! (vê a tua sorte)
Bem, bom estudo e desde já boa sorte no início do novo ciclo da tua vida.

De cricri a 10.06.2007 às 18:54

Eu logo ao início da noite já estava chateada com toda a confusão, e já queria vir para casa...Mas lá me aguentei. Mesmo na manhã do baile quando acordei pensei "Oh não, é hoje o baile.."
Mas lá passou... Não vai ser memorável, mas também não estou preocupada com isso, é só uma noite, a diferença é que fomos para a escola àquelas horas e a maneira como íamos vestidos. Paciência, há coisas na vida bem masi importantes que o baile.

Obrigada pela boa sorte! :)

Comentar post



Comentários recentes

  • cricri

    Obrigada!Tenho de me voltar a dedicar um pouco mai...

  • sol

    Encontrei o teu blog por acaso e gostei muito !Seg...

  • cricri

    Muito obrigada! Umas felizes festas!

  • Teresa

    Feliz Natal e parabéns pelo destaque :)

  • rvqgmccjoqk

    RvGZjH <a href=\"http://msepxzxnvpqg.com/...